Trabalhos 2018-2019

História Coletiva (JI e 1º ciclo)

Escola EB1 de Vila Nova de Poiares (Vila Nova de Poiares)

Digitalização da história página a página:

Autores:
Os alunos da turma do 3.º ano do Centro Escolar de Santo André

Idade dos alunos:
8 anos

Metodologia utilizada para a elaboração do projeto/trabalho:
Primeiro foi proposto à turma o tema.
De seguida foi realizada uma experiência com água e azeite e os alunos puderam tirar conclusões sobre o que observaram.
Em grupo, pesquisou-se sobre a poluição das águas, dos solos com o óleo das cozinhas, o que são oleões e que produtos se podem obter através da reciclagem dos óleos.
A turma foi dividida em grupos de três alunos, onde cada grupo inventou onde se poderia passar a história, como é que a gota foi parar à agua, quem entrava na história ( personagens)…
Cada grupo apresentou à turma as suas ideias. A partir daí o texto começou a ser escrito no quadro (em várias aulas), com as ideias que a turma mais gostou.
Na realização da história investigou-se o que é a UNESCO, pelo facto de se falar na Universidade de Coimbra. Viram imagens do Rio Mondego em Coimbra, onde observaram as margens e o leito deste.
Usaram-se na execução da história conteúdos estudados em Estudo do Meio: O Passado do Meio Local e os Meios Aquáticos (rio, afluente, margens, leito, foz.).
Visualizaram vídeos sobre a reciclagem dos óleos, os produtos que se podem fazer a partir destes óleos, falando-se principalmente no biodiesel.
Os alunos voltaram a ver o vídeo sobre o tratamento das águas residuais que tinha sido visualizado na segunda assembleia eco-escolas.
Ao longo da história houve necessidade de investigar sobre o ciclo da água, da fotossíntese (viram vídeos sobre os temas referidos).
Em relação à ilustração da história os alunos fizeram alguns trabalhos na sala de aula individual e depois juntaram com os dos seus colegas; outros foram feitos em grupo. Às ilustrações foram tiradas fotos as quais foram colocadas ao longo da história com supervisão da professora titular.

Avaliação:

1 - Interesse do desafio proposto para a compreensão da problemática inerente à correta deposição de óleos alimentares usados:

2 - O desafio suscitou a pesquisa e debate sobre o tema?

3 - Principais aspetos positivos:
O envolvimento de todos os alunos da turma

4 - Principais aspetos menos bons (negativos):
A falta de tempo para a realização do trabalho.

5 - A escola faz a recolha de óleos alimentares usados? Se sim, explique como e desde quando:

6 - Conseguiu perceber que percentagem aproximada das famílias dos seus alunos fazem o correto encaminhamento dos óleos alimentares usados?

7 - O trabalho realizado foi ou será divulgado na escola para aumentar a consciencialização sobre esta temática?

Se sim, explique como:
O trabalho será apresentado a todos os alunos da escola, bem como aos restantes participantes na última sessão eco-escolas.

8 - Gostaria de voltar a participar noutro desafio sobre este tema?

Se sim, de que tipo?
O cartaz

COORDENAÇÃO

PARCERIA